Após troca de tiros com bandidos na zona rural de Belém do São Francisco, Policiais Militares recuperam carro roubado

Na noite deste domingo dia (20), por volta das 20:00, durante a realização de rondas na cidade de Belém do São Francisco, Policiais Militares da 1ª CIPM foram informados pela Central de Operações de que criminosos que participaram do assalto ao veículo da empresa de transporte de valores PRESERVE no dia (18/08), nas proximidades da cidade de Santa Cruz da Baixa Verde, estariam buscando fugir dos bloqueios policiais por estradas vicinais da região de Belém do São Francisco. 

Veículo tomado de assalto em Serra Talhada é recuperado em Belém do São Francisco

Na tarde desta segunda-feira dia (21), Policiais Militares da 1ª CIPM, recuperaram um VW Gol, cor preta, placa KJL-2986/Serra Talhada-PE. O fato aconteceu na estrada do Poço da Pedra,  na Zona Rural do município de Belém do São Francisco, no Sertão de Itaparica.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar ao nosso parceiro do Portal Nayn Neto, os ocupantes do veículo ao avista o efetivo do GATI, empreenderam fuga e efetuaram disparos contra os policiais, que revidaram imediatamente. 

Após a troca de tiros, os bandidos abandonaram o veículo e se evadiram pela caatinga, tomando destino ignorado. No veículo, foi apreendido pavios de dinamites, munições e outros materiais. O efetivo do GATI ainda continua no local, realizando buscas, porém, até fechamento desta matéria, ninguém foi preso.

O veículo VW Gol, foi roubado por dois homens desconhecidos, no bairro Borborema, na cidade pajeuzeira de Serra Talhada, no último domingo (20). Provavelmente os assaltantes são bandidos foragidos da investida frustrada contra o Carro-Forte da Preserve, acontecido na última sexta-feira (18), na PE-365, entre o distrito de Jatiúca e a cidade de Santa Cruz da Baixa Verde, onde os bandidos foram surpreendidos pela polícia e fugiram na caatinga.

Policial petrolinense morre após passar mal em teste físico da PMBA

Um policial militar petrolinense morreu após passar mal durante um Teste de Habilidade Específica (THE) para ingresso no curso de Operações de Choque da Polícia Militar da Bahia (PMBA), realizada nesta segunda-feira (21), em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O soldado Yuri Lindemberg de Souza Lima Bezerra, de 35 anos, chegou a ser socorrido para o Hospital Meneando de Farias, mas veio a óbito na madrugada desta terça-feira (22).

Segundo informações do Blog do Carlos Britto, outros dois policiais, que não tiveram as identidades divulgadas, também passaram mal. Ambos não correm risco de morte, segundo a polícia. Eles foram socorridos para o Hospital Aeroporto, também em Lauro de Freitas.

O teste, realizado por 65 policiais de diversas unidades da Corporação, consiste em uma corrida de 8 km em 50 minutos. De acordo com a PM, eles estavam todos hidratados, já tinham passado por várias palestras, além de avaliação médica e física.

Uma equipe médica do Departamento de Saúde da PM acompanhava a avaliação em uma ambulância de UTI móvel e realizou os primeiros atendimentos. O soldado Yuri era lotado há 9 anos na Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe)/Chapada. Ele era solteiro e deixa um filho. Não há informações sobre onde e quando será o sepultamento do soldado. 

Sertão de PE: Custódia vai receber unidade do Corpo de Bombeiros

Visando interiorizar as atividades do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE), o governador Paulo Câmara firmou nesta segunda-feira (21) um convênio para que Custódia, no Sertão de Pernambuco, receba a primeira unidade da corporação.

O novo prédio, que conta com uma área de 17.184 metros quadrados, será instalado onde funcionava o Terminal Rodoviário da cidade. A partir do investimento de R$ 1,2 milhão do Governo do Estado, serão providenciados viaturas de combate a incêndios, viatura Auto resgate, viatura de vistoria e viatura de comando operacional, além de vários equipamentos de salvamento e resgate.

“A cessão desse imóvel e a possibilidade de a estrutura do Corpo de Bombeiros funcionar em Custódia é um grande avanço, pois é uma cidade central que dialoga com outros municípios e tem condições de dar respostas rápidas. O bombeiro tem um trabalho efetivo e ajuda, principalmente, na prevenção, na defesa social", afirmou o governador Paulo Câmara.

O Termo de Cessão de uso de bem imóvel faz parte do convênio firmado entre a Secretaria de Defesa Social (SDS), através do CBMPE, e a Secretaria das Cidades, por meio da Empresa Pernambucana de Transporte Coletivo Intermunicipal (EPTI). A nova unidade contará com um efetivo de serviço diário de dez homens e mulheres que atuarão nas emergências e acidentes de incêndio, resgate, salvamento e serviço técnico. A nova estrutura terá atuação regional, atendendo cerca de dez municípios. (Via: G1 PE)

Em estado crítico, São Francisco tem cemitério de obras paradas na Bahia

"Aqui eram a avenida principal e o cais onde atracavam os navios a vapor", diz Carlos dos Santos, 39, enquanto caminha entre tijolos quebrados e pedaços de pedra.

As lembranças são de uma cidade em que ele não viveu. Carlos nasceu no mesmo ano em que a velha Remanso, município do norte da Bahia, foi inundado pelas águas do Rio São Francisco para dar lugar à barragem de Sobradinho.

Mas, com o reservatório com apenas 9,3% de sua capacidade, as ruínas da cidade velha reapareceram. E é lá que Carlos controla o fluxo de caminhões-pipa que vão abastecer casas que ficam na zona urbana da nova Remanso, hoje com 50 mil habitantes.

Os caminhões foram contratados porque o município, na beira do rio, tem problemas de abastecimento. Remanso é uma das dezenas de cidades ribeirinhas que ficaram com a construção de sistemas de distribuição de água e tratamento de esgoto pela metade –obras que fazem parte do projeto de revitalização do Rio São Francisco.

Lançado há um ano pelo presidente Michel Temer (PMDB) com a promessa de retomar estas obras, o "Plano Novo Chico" não mudou o cenário de Remanso, da vizinha Sento Sé e de outras cidades das margens do rio.

A Folha analisou a execução orçamentária das sete ações exclusivamente ligadas à revitalização. Os dados mostram queda nos investimentos em combate à erosão, obras em hidrovias, sistemas de água, saneamento e coleta de lixo nas cidades.

Em 2015, último ano de mandato da ex-presidente Dilma (PT), o governo aplicou R$ 125 milhões nas sete ações da revitalização. No ano seguinte, quando Temer assumiu o governo em maio, o gasto caiu para R$ 96 milhões. Em 2017, de janeiro a julho, foram aplicados apenas R$ 19 milhões.

O "Novo Chico" prevê investimentos de R$ 7 bilhões na revitalização do rio até 2026 –sendo R$ 1,1 bilhão até 2019.

CAIXA-D'ÁGUA VAZIA

Moradora da periferia de Remanso, que fica na parte mais alta da cidade, Maria Cristina Barbosa, 39, chega a ficar dias sem ter água nas torneiras. Precisa armazenar a água em galões e baldes para cozinhar e beber.

Nas proximidades da sua casa, uma caixa-d'água nova com capacidade para 200 mil litros que atenderia ao seu bairro está pronta desde 2010. Mas, sem receber água, já começa a ter o concreto rachado pelo calor do sol.

O sistema que levaria a água para o bairro ficou incompleto. Segundo a Prefeitura de Remanso, a empresa que o estava construindo abandonou a obra deixando, inclusive, várias ruas da cidade sem calçamento e canos enterrados sem serventia.

Como paliativo, a prefeitura abastece as casas do bairro com carros-pipa, numa operação que chega a custar R$ 100 mil mensais entre o pagamento dos caminhões, combustível e o aluguel de um gerador para as bombas.

A situação de Remanso não é um caso isolado. Apenas na Bahia, dez cidades estão com obras paralisadas e nove com o sistema de esgotamento concluído, mas sem operar.

Em outras nove cidades, as obras sequer foram iniciadas. Em apenas duas há obras em execução. Os dados são de levantamento dos Ministérios Públicos Federal e da Bahia.

"Uma ou outra obra foi retomada. Mas não houve uma sinalização política clara de que a revitalização é uma prioridade", afirma a promotora Luciana Khoury, coordenadora do núcleo do Rio São Francisco da Promotoria.

A conclusão das obras, diz, não é tarefa fácil. Em Jeremoabo (BA), por exemplo, o projeto de saneamento terá que ser refeito por um detalhe simples: um conjunto residencial foi erguido no terreno onde ficaria a estação de tratamento. Em outras cidades, bombas foram roubadas e tanques de decantação entregues com rachaduras.

Em Sento Sé, cidade que fica na margem oposta do lago de Sobradinho, a estação de tratamento de esgoto está concluída, mas não funciona. Devido ao longo período sem operação, alguns componentes do sistema precisam ser recuperados.

Enquanto isso, a poucos metros da estação, o esgoto de casas corre a céu aberto em direção ao São Francisco entre montanhas de lixo.

No caminho, a água suja passa pelo terreno onde o aposentado Nelson de Barros, 77, cria gado: "Sei que é perigoso mantê-los aqui, mas vou fazer o quê? Tenho que correr atrás". Com uma pá, ele cava uma vala para desviar o esgoto para o terreno ao lado. Com isso, a água correrá na direção da estação de tratamento sem uso nas margens do rio.

CIDADES RIBEIRINHAS

O vento forte cruza o rio, atinge o solo e carrega uma areia fina. Os grãos entram em atrito com a pele como um enxame de pequenas abelhas. É quase impossível abrir os olhos e mirar o horizonte.

Num raio de quilômetros, o cenário se limita a areia, pequenos charcos e uma vegetação rasteira recente na qual não há lugar nem para os tradicionais mandacarus do sertão. A seca que atingiu a barragem de Sobradinho criou um deserto entre o leito do rio e as cidades que o margeiam.

Maior lago artificial do país, Sobradinho está com uma vazão de 500 metros cúbicos por segundo, a menor desde que a barragem começou a funcionar no final dos anos 1970.

A água para irrigação, responsável por quase 70% da captação feita no rio, passou a ser restrita. Nas quartas-feiras, é proibido ligar as bombas para retirar água do São Francisco e alguns de seus afluentes.

Em Remanso, sistema de captação de água que há três anos funcionava normalmente, hoje está desativado sob um leito seco. A água que era captada a dois quilômetros da cidade atualmente tem que ser bombeada por sete quilômetros até chegar às primeiras casas.

"Como nosso sistema de distribuição de água vai por pressão, não por gravidade, temos ainda mais dificuldade para bombear para as regiões mais altas da cidade", afirma o prefeito de Remanso, Zé Filho (PSD).

A pesca, que foi a principal atividade econômica da cidade, hoje tá praticamente parada. Os maiores frigoríficos da cidade estão com as portas fechadas.

Proprietário de uma fábrica de gelo, Antônio Bezerra Dias, 50, chegava a vende 15 toneladas de gelo por dia, hoje não vende mais que três. "Com o rio seco, os peixes somem. Está muito devagar o movimento", diz.

Num dos charcos de água, Paulo Gomes dos Santos, 38, o Galego, joga a rede de pesca que volta vazia. Há um mês, ele não consegue trabalho como pedreiro ou lavrador, áreas que costuma atuar, e faz da pesca a sua atividade diária.

Mesmo sem conseguir pescar peixes com valor comercial, sempre volta no dia seguinte. "Melhor que ficar na rua, sem fazer nada ou bebendo cachaça", diz.

PRAIA SECA

Também falta peixe para Francisco Alves Nogueira, 58. Ele é dono de um restaurante na praia fluvial de Remanso, mas há mais de três anos a água do rio não passa nem perto de lá. Restou apenas uma imensidão de areia sob um sol forte do sertão.

Ele diz que a situação da barragem afastou não só os clientes, mas também peixes como o tradicional surubim para usado para servir a moqueca que é carro-chefe da casa.

Para um mergulho no rio, os moradores trocaram a prainha pelas margens das ruínas da cidade velha, que virou ponto turístico. Na segunda-feira (7), um ônibus escolar apinhado de crianças aportou por lá.

Pescador de ofício, Bonfim Francisco da Silva, 59, montou uma barraca para vender bebidas no local. O movimento, contudo, só acontece nos finais de semana.

"Mesmo assim, não é lá essas coisas. Não tem emprego, não tem colheita, está todo mundo sem dinheiro", afirma.

De segunda a sexta, com as cadeiras da barraca vazias, enfrenta o sol e o vento. E observa o vaivém dos caminhões-pipa que cruzam o deserto de areia retirando mais água de um rio que pouco tem.

OUTRO LADO

Em nota, o Ministério da Integração Nacional, responsável pela maior parte das obras, informou que "os investimentos previstos serão disponibilizados ao longo do tempo, por isso, é incorreto analisar o orçamento ano a ano".

Ainda sobre as obras de revitalização do São Francisco, o ministério do governo Michel Temer (PMDB) cita obras concluídas recentemente, como os sistemas de esgotamento de Cabrobó (PE) e Brasilândia de Minas (MG). E informa que há obras em andamento em cidades como Bocaiuva (MG) e Ilha das Flores (SE).

A Casa Civil da Presidência diz que o gasto total na revitalização, incluindo ações dos ministérios da Saúde, Cidades e Integração Nacional, atingiu R$ 88,6 milhões entre janeiro e julho deste ano. Em todo o ano 2016, o investimento chegou a R$ 312,4 milhões.

Os dados, contudo, não são disponibilizados em documentos oficiais como o balanço mensal do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), que deixou de ser publicado em julho de 2016. (Via: Folhapress)

'Até o final do ano teremos resultados mais satisfatórios', diz Paulo Câmara sobre violência

O governador Paulo Câmara estabeleceu um prazo de, até o final deste ano, para conseguir apresentar uma redução significativa da violência no Estado. Em entrevista concedida, na tarde desta segunda-feira (21), no Palácio do Campo das Princesas, o governador afirmou que os investimentos feitos na segurança apresentarão resultados nos próximos meses.

"Estamos contratando pessoal, reequipando todas as polícias. E eu tenho certeza que, até o final do ano, a gente vai ter resultados bem mais satisfatórios. Nós vamos terminar o ano com números mais satisfatórios do que quando começamos", afirmou. Ele disse que o governo enfrentou muitas dificuldades no final do ano passado, com os "enfrentamentamentos necessários, com ameaças de greve", mas que as ações estão sendo tomadas.

"Foi criado um plano de segurança que está em andamento, desde o início do ano, e desde abril, nós tivemos um esforço muito grande de diminuição. Tivemos um resultado melhor em maio, em junho. Tivemos um resultado pior em julho. Estamos trabalhando para que agosto a gente tenha um resultado melhor do que no ano passado", pontuou.

O governador admitiu que "os números são muito ruins" e que houve uma piora dos indicadores desde novembro do ano passado. Mas que o enfrentamento vem sendo feito. "Já prendemos mais de 900 homicidadas, mais de 15 quadrilhas especializadas em roubo de banco. Estamos contratando pessoal, reequipando todas as polícias. Nós estamos com um plano de segurança, para reestabelecer a hierarquia dentro das polícias, porque é fundamental ter hierarquia e disciplina", enumerou Paula Câmara.

SEM EXÉRCITO NAS RUAS: Na entrevista, o governador descartou a possibilidade de solicitar reforço das forças armadas para o combate da violência no Estado, como acontece no Rio de Janeiro. "Basta olhar para as ruas para ver que as polícias estão trabalhando, tanto a Militar, quanto a Civil. Pessoas sérias que, com certeza, vão dar conta do recado. Nós precisamos do Exército tomando conta das fronteiras, evitando que entre arma, que entre drogas. Porque 70% dos homicídios que estão ocorrendo em Pernambuco têm relação com a droga." (Via: JC Online)

Confira o gabarito oficial do concurso para oficiais da PM e CBM

Os gabaritos das provas objetivas do concurso para oficiais da Polícia Militar (PM) e Corpo de Bombeiros Militar (CBM) foram divulgados, nesta segunda-feira (21), pela Consultoria em Projetos Educacionais e Concursos Ltda. (Consultec), banca responsável pelo concurso.

A concorrência calculada em razão da quantidade de inscritos e do número de vagas disponíveis aponta 215/1, para os cargos na PMBA, e 80/1 para as vagas no CBMBA. São 90 vagas, sendo 60 para oficiais da Polícia Militar e 30 para os Bombeiros da Bahia. Durante o curso de formação, os salários podem chegar a R$2.157,95.

Os exames foram realizados no domingo (20), em Salvador. Os candidatos responderam 75 questões objetivas, e também fizeram uma redação. O concurso é válido por dois anos, podendo dobrar.

Confira o resultado:

PM-BA


CBM-BA

Tráfico alavanca número de assassinatos em Pernambuco

Tráfico alavanca número de assassinatos em PernambucoPor meio do crime organizado, o tráfico de drogas assumiu contornos sofisticados nas grandes cidades e também se interiorizou. E a falta de controle sobre essa modalidade tem impactado outros indicadores negativos, como o de homicídios. Em Pernambuco, o consumo e a venda de entorpecentes está por trás, direta ou indiretamente, de 70% das mortes violentas, segundo o Governo do Estado.

O número de assassinatos contabilizado de janeiro a julho de 2017 é o recorde da década para o período – 3.322. O dado local é tão negativo que foi responsável por um terço do aumento nacional da quantidade de homicídios neste ano – quase 28 mil no Brasil, ante 26,4 mil, no primeiro semestre de 2016.

Em Pernambuco, a Secretaria de Defesa Social (SDS) começou a divulgar as motivações dos chamados crimes violentos letais intencionais (CVLI) no primeiro semestre. Os dados de julho, por exemplo, indicam que 32% dos delitos tiveram relação com o tráfico de drogas. Outras categorias, como acerto de contas (19%) e conflitos nas comunidades (18,5%), também podem ter o uso e a venda de substâncias ilícitas como pano de fundo. No Interior do Estado, os resultados assustam. Em 2004, por exemplo, essa região foi cenário de 1,6 mil homicídios.

O quantitativo chegou ao patamar de dois mil, em 2008, voltou a 1,6 mil, nos melhores anos do Pacto pela Vida (2012 e 2013), e, de 2014 para cá, subiu de novo, até bater o recorde no ano passado, com 2,6 mil casos. Em outras palavras, mil pessoas a mais foram mortas na Zona da Mata, no Agreste e no Sertão em 2016 no comparativo com 12 anos antes.

O consultor na área e integrante do Conselho Distrital de Segurança Pública de Brasília, George Felipe Dantas, cita o fenômeno da translocalização do crime para explicar a escalada da violência. “Numa porção considerável dos municípios brasileiros, em pelo menos dois mil, você já pode mapear cracolândias. É forçoso observar que existe uma criminalidade que orbita ao redor do uso e tráfico de drogas. Os CVLIs correspondem a uma massa de criminalidade que orbita muito perto desse planeta violência”, avalia. Folha de Pernambuco

Esta terça é o último dia para fazer a inscrição em cursos do Pronatec

Esta terça é o último dia para fazer a inscrição em cursos do PronatecO prazo de inscrição para mais de 500 mil vagas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) – Oferta Voluntária termina nesta terça-feira (22). Anteriormente previsto para ser encerrado em 18 de agosto, o prazo foi ampliado para garantir oportunidade aos que não puderam se inscrever em tempo hábil.

As oportunidades são gratuitas e os cursos, de formação inicial e continuada e cursos técnicos, serão realizados tanto em modo presencial quanto a distância. As inscrições devem ser feitas pela internet, na página do Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica.

No total, 570 vagas são para cursos de qualificação profissional, sendo 190 presenciais. Outras 1.412 destinam-se a cursos técnicos, todos presenciais. Os cursos terão duração mínima de 160 horas, sendo oferecidos por instituições privadas de educação profissional e tecnológica, de forma voluntária. As aulas terão início no dia 28 de agosto.

Arroz Valdivino - Clique e assista Parceiros: Instagram Niver do filho Mostra Sesc de Cinema com inscrição aberta para curtas e longas metragens

Mostra Sesc de Cinema com inscrição aberta para curtas e longas metragensEstão abertas as inscrições para a Mostra Sesc de Cinema 2017/2018, que tem como objetivo incentivar a produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição. Podem participar cineastas que possuam curtas ou longas metragens não apresentados em serviço de vídeo, televisão ou cinema. O cadastro é feito gratuitamente, pela internet, através do preenchimento de formulário no site do Sesc (www.sescpe.org.br) até o dia 1º de outubro.

A mostra é formada por duas etapas. A primeira é a Mostra Estadual, que acontece no primeiro semestre. Nesta etapa, uma comissão irá indicar dois longas e quatro curtas metragens para participar da Mostra Nacional, prevista para o segundo semestre de 2018. Nessa categoria, serão selecionadas 30 obras brasileiras, sendo 10 longas e 20 curtas. Cada diretor poderá inscrever até duas produções.

Serão aceitos na categoria de curtas obras finalizadas a partir de 1º de janeiro de 2015. Já os longas, podem concorrer a partir de 1º de janeiro de 2013. “Além da premiação com contrato de licenciamento para exibição pública, a Mostra elege os destaques de melhor roteiro, filme, direção de fotografia, de arte, elenco e montagem e desenho de som”, explica a instrutora de Atividades Artísticas, Naruna Freitas. Os classificados para etapa estadual serão divulgados no site após quatro meses do término da inscrição.