Bombeiros encontram corpo de homem em açude de Salgueiro, PE

Os bombeiros encontraram na tarde de ontem, 21, o corpo do homem que morreu afogado em um açude localizado às margens das BRs 232 e 116, próximo ao Plaza Hotel, na zona urbana de Salgueiro.
A vítima foi identificada como João Batista de Alencar, de idade não informada. Alguns populares disseram que o rapaz morava no bairro Divino Espírito Santo, mas estava residindo atualmente no povoado de Santa Rosa, no município de Serrita.
O açude onde aconteceu o afogamento é de propriedade particular e banhos são proibidos na área. O reservatório tem uma profundidade muito grande, por isso fica o alerta para que as pessoas não tomem banho no local.

Via Petrolândia Notícias/Chico Gomes

Duplo homicídio é registrado entre Floresta e Petrolândia

Duplo homicídio é registrado entre Floresta e Petrolândia1Na manhã desta quinta-feira dia (22), Policiais Civis e Militares foram acionados para uma ocorrência na BR-316 entre Floresta e Petrolândia, no Sertão de Pernambuco.
No local os policiais constataram a veracidade do fato, onde encontraram duas vítimas já em óbito. Elas foram identificadas até o momento como sendo Zé Lajedo e Marcos. Ainda segundo informações, as vítimas foram assassinadas a tiros.
O Povo com a Notícia

Prefeitura de Petrolina leva orientações sobre febre amarela e doenças de Chagas para comunidade rural

Com o objetivo de esclarecer a comunidade do Perímetro Irrigado Senador Nilo Coelho/ C1, zona rural de Petrolina, sobre febre amarela, a Secretaria de Saúde ministrou uma palestra na Escola Edison Nolasco com orientações sobre o agravo, modo de transmissão e os critérios de vacinação.
“Decidimos realizar essa palestra para informar a população que Pernambuco não é área de risco da doença, e que a vacina é disponibilizada somente para quem irá viajar para locais de risco, com a devida apresentação de comprovante de viagem. Então, é uma forma de acalmar as pessoas, de mostrar que não é preciso ter receio ”, explica  a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.
Além de apresentação sobre febre amarela, houve ainda orientações sobre a doença de Chagas, seus sintomas e tratamento. “Ações como essa são importantes porque levam conhecimento, principalmente à comunidade rural, que tem mais dificuldade no acesso de informações, além de aprimorar o conhecimento e os cuidados para evitar certas doenças”, finalizou Marlene.
Assessora de Comunicação da Secretaria de Saúde de Petrolina

Pernambuco é destaque nacional no Índice da Atividade Turística

Recife, 22 de fevereiro de 2018 – O Índice da Atividade Turística da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgado pelo IBGE nesta semana, colocou Pernambuco na posição de destaque no Brasil. Mesmo diante de um cenário nacional de retração econômica, em 2017, Pernambuco foi destaque no Índice da atividade Turística nos índices de volume de serviços e receita nominal. No acumulado de janeiro a dezembro de 2017, Pernambuco lidera o ranking da receita nominal e foi 2º no volume de serviço da atividade. A colocação do Estado é significativa e representa na prática mais empregos, mais dinheiro circulando na economia, mais desenvolvimento e mais crescimento para todos.
A receita gerada com os serviços ofertados pelas empresas que desempenham atividades turísticas cresceu 18%, em relação ao mesmo período de 2016. Pernambuco também segue à frente na receita no comparativo com os outros estados do Nordeste. Estados como Ceará e Bahia fecharam o ano de 2017 com crescimento de 13% e 9%, respectivamente. No volume de serviços, Pernambuco cresceu 8 pontos percentuais em relação à 2016. O crescimento da oferta de serviços ligados ao turismo de Pernambuco segue na contramão do país. Enquanto Pernambuco cresceu, o Brasil registrou queda de 7%.
“Pernambuco vem apresentando resultados expressivos no turismo. O setor é responsável por 4% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado, um percentual superior, inclusive, ao de atividades como agricultura e agropecuária. O turismo vem sendo fortalecido através de ações promocionais diferenciadas na divulgação dos atrativos locais, captação de novos voos e capacitação profissional. O trabalho é diferenciado e o foco é sempre conquistar o turista”, comenta o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras.
A pesquisa do IBGE considera os componentes para formação do Índice de Atividades Turísticas as atividades como serviços de alojamento e alimentação, transportes terrestre, aquaviário e aéreo, além de serviços de agenciamento turístico, agência de viagens e operadoras. Com base no crescimento geral de Pernambuco no índice, as empresas que trabalham nesses segmentos no Estado vêm oferecendo mais serviços na área de turismo. Além disso, novas empresas que atuam no setor estão surgindo no mercado.

Prefeito de Salgueiro, Clebel Cordeiro será investigado por uma CPI

20180222_114914O Prefeito do Município de Salgueiro, Clebel Cordeiro (MDB), vai enfrentar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito). O Requerimento propondo a abertura da CPI foi proposto pelo Vereador André Cacau. O parlamentar argumenta que se faz necessário a instalação de uma CPI tendo em vista denuncias de possíveis irregularidades no Processo Seletivo para cargo de Professor, mesmo com alguns posicionamentos contrários a instalação da CPI o Requerimento contou com 8 assinaturas quando seria necessário apenas 5.
O Requerimento do Vereador André Cacau contou com assinaturas dos seguintes pares: Ednaldo Barros; George Arraes; Bruno Marreca; Eliane Alves, Erivaldo Pereira; Veronaldo Gonçalves; Zé Carlos e Hercílio. Cinco parlamentares votaram contra a abertura da CPI, ainda ouve uma abstenção. Vereadores aliados do governo que assinaram  Requerimento, explicou que é papel do parlamentar investigar denuncias e trazer a verdade diante dos fatos.
O Prefeito do município sertanejo, Clebel Cordeiro, enfrenta uma onda de insatisfação por parte de aliados. Clebel foi eleito com maioria absoluta da câmara, mas vê sua base bastante fragilizada e pode perder essa maioria ainda este ano. Com a instalação de uma CPI para investigar denuncias de possíveis irregularidades no Processo Seletivo para cargos de Professores da Rede Municipal de Ensino, a administração do Prefeito Clebel Cordeiro, vai enfrentar ainda desconfianças por parte da população.

Pablo dá uma pausa na agenda e tira uns dias de folga com a família

image010Depois da comentadíssima apresentação no Carnaval de Salvador, no sábado de carnaval, dia 10 de fevereiro, em que o cantor arrastou uma multidão no circuito Barra/Ondina em seu trio sem cordas e uma atribulada agenda de divulgação do período aliada a agenda mensal de 20 apresentações, o cantor Pablo tirou uns dias de folga com a esposa, Adriele(29) e os filhos, Victor(10), Gabriel(5) e Benjamin(1 ano e 11 meses) no requintado Hotel Village Porto de Galinhas, em Porto de Galinhas(PE). Na cidade desde o domingo passado, Pablo e família aproveitaram as merecidas férias para aproveitar as piscinas naturais e fazer passeios pela região, incluindo a famosa Praia dos Carneiros. As crianças foram só diversão. Participaram de arvorismo na Vila Brincante, um espaço dedicado a crianças e a família também participou da oficina de pebolim artesanal, construindo o próprio brinquedo de material reciclado.
“Sair da rotina é complicado, por que as crianças tem aula e nunca dá pra conciliar as férias deles com as minhas, mas, desta vez fiz questão de dar uma pausa todos juntos. Foram dias maravilhosos ao lado deles. Pernambuco é um estado rico de natureza. Faço muitos shows pelo estado e em Recife, a correria dos shows me impedem de curtir, dá só para apreciar da van, ou da janela do hotel, a maravilhosa paisagem, por isso optei por ir pra lá e por Porto de Galinhas. Nosso país é rico em tudo”, completa Pablo.
De recesso até o dia 9 de março, quando começa, oficialmente, a temporada de shows em 2018, Pablo se prepara para o lançamento do seu DVD “Pablo &Amigos no Boteco”, que chega as lojas no final de Março. O DVD que foi gravado em outubro passado em Feira de Santana(BA), vem com participações de Marcos e Belutti, Fernando e Sorocaba, Luciano Camargo, Roberta Miranda e Henrique e Diego.
Crédito: Theo Holanda

Governo queria aprovar projeto de redução de salário

Coluna Estadão
Como alternativa ao fracasso da reforma da Previdência, o governo queria que o Congresso aprovasse uma proposta de redução de jornada de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais e de salários. O apelo foi feito pelo governo ao presidente do Congresso, Eunício Oliveira (MDB-CE), que recusou votar medida nesse sentido.  “Sugestão de pauta eu aceito. Não aceito é determinação estranha para pautar”, respondeu Eunício, segundo apurou a Coluna.
O ministro Dyogo Oliveira (Planejamento) confirmou à Coluna que partiu dele a sugestão feita um dia antes de o presidente Michel Temer decidir pela intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro. Na sua versão, ainda era uma tentativa de conseguir os votos das centrais para aprovar a reforma do INSS. “Todo mundo achou que não dava”, disse o ministro.
Sem o acordo, o governo partiu para um pacote na área econômica com propostas que já tramitam no Congresso, já chamado de “café requentado” pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A proposta da redução da jornada e dos salários seria apresentada pelo governo caso Eunício topasse colocar o tema na pauta do Congresso.

PE é destaque nacional no Índice da Atividade Turística

O Índice da Atividade Turística da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgado pelo IBGE nesta semana, colocou Pernambuco na posição de destaque no Brasil. Mesmo diante de um cenário nacional de retração econômica, em 2017, Pernambuco foi destaque no Índice da atividade Turística nos índices de volume de serviços e receita nominal. No acumulado de janeiro a dezembro de 2017, Pernambuco lidera o ranking da receita nominal e foi 2º no volume de serviço da atividade. A colocação do Estado é significativa e representa na prática mais empregos, mais dinheiro circulando na economia, mais desenvolvimento e mais crescimento para todos.  
A receita gerada com os serviços ofertados pelas empresas que desempenham atividades turísticas cresceu 18%, em relação ao mesmo período de 2016. Pernambuco também segue à frente na receita no comparativo com os outros estados do Nordeste. Estados como Ceará e Bahia fecharam o ano de 2017 com crescimento de 13% e 9%, respectivamente. No volume de serviços, Pernambuco cresceu 8 pontos percentuais em relação à 2016. O crescimento da oferta de serviços ligados ao turismo de Pernambuco segue na contramão do país. Enquanto Pernambuco cresceu, o Brasil registrou queda de 7%. 
“Pernambuco vem apresentando resultados expressivos no turismo. O setor é responsável por 4% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado, um percentual superior, inclusive, ao de atividades como agricultura e agropecuária. O turismo vem sendo fortalecido através de ações promocionais diferenciadas na divulgação dos atrativos locais, captação de novos voos e capacitação profissional. O trabalho é diferenciado e o foco é sempre conquistar o turista”, comenta o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras.
A pesquisa do IBGE considera os componentes para formação do Índice de Atividades Turísticas as atividades como serviços de alojamento e alimentação, transportes terrestre, aquaviário e aéreo, além de serviços de agenciamento turístico, agência de viagens e operadoras. Com base no crescimento geral de Pernambuco no índice, as empresas que trabalham nesses segmentos no Estado vêm oferecendo mais serviços na área de turismo. Além disso, novas empresas que atuam no setor estão surgindo no mercado.

Marcado para março julgamento sobre auxílio-moradia

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, pautou para o dia 22 de março o julgamento das ações que tratam de auxílio-moradia de juízes.
Entre as ações estão as que o ministro Luiz Fux julgou liminarmente em 2014, estendendo o auxílio-moradia, no valor de R$ 4.378, a todos os juízes do País.
Depois disso, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) aprovou resolução que regulamentou a concessão de auxílio-moradia aos membros do Ministério Público da União e dos Estados.
Desde que Fux liberou as ações para julgamento, magistrados têm se manifestado pela manutenção do auxílio. Na semana passada, o corregedor nacional de Justiça, João Otávio de Noronha, defendeu o pagamento a juízes que possuem imóveis nas cidades em que trabalham.
Segundo ele, o benefício é tratado como “verba de natureza indenizatória” em “qualquer lugar do mundo” e no setor privado, o que o torna isento do Imposto de Renda.
O Fisco deixa de arrecadar R$ 360 milhões ao ano em razão do tratamento tributário dado ao auxílio-moradia. Na prática, o benefício funciona como uma complementação salarial para magistrados que possuem imóvel próprio.

Levantamento sobre destinação do lixo é enviado ao MP

O Ministério Público de Contas (MPCO) encaminhou, ontem, ao Ministério Público de Pernambuco, o diagnóstico sobre a destinação do lixo no Estado, divulgado pelo Tribunal de Contas na última terça-feira (20).
O ofício, assinado pela procuradora geral do MPCO, Germana Laureano, pede que o Ministério Público adote as devidas providências no sentido de punir criminalmente os gestores que estão cometendo crime ambiental ao fazer o descarte inadequado do lixo em suas cidades.
De acordo com o relatório elaborado pelo Tribunal de Contas, dos 184 municípios pernambucanos, apenas 51 (27,7%) depositam corretamente os resíduos em aterros sanitários. Os outros 133 continuam agindo em desrespeito ao meio ambiente, descartando a sujeira em lixões a céu aberto ou em locais que não atendem por completo as determinais ambientais previstas em lei.
"Tendo em vista que o despejo de grandes quantidades de lixo em locais inadequados contribui para que o chorume e os gases tóxicos produzidos pela decomposição do material contaminem o solo, os lençóis freáticos, as reservas de água potável e o ar que respiramos, implicando sérios riscos à saúde humana e provocando a morte de animais e a destruição da flora local, forçoso reconhecer que tal conduta se subsume ao tipo penal descrito no art. 54 da Lei de Crimes Ambientais, a reclamar a ação persecutória desse órgão ministerial", diz o ofício encaminhado pelo MPCO ao procurador geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros.
O descumprimento a essas normas é considerado crime gravíssimo contra o meio ambiente, previsto no parágrafo 3º, do artigo 225, da Constituição Federal e no artigo 54, da Lei nº 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais). Os infratores estão sujeitos a sanções penais e administrativas, além da obrigação de reparar o dano.
No âmbito do Tribunal de Contas, a má conduta poderá resultar em aplicação de multa aos gestores, pelo descumprimento da lei, que pode chegar a R$ 79.055,00. Além disso, o TCE vai encaminhar ofícios solicitando esclarecimentos às prefeituras, que podem acarretar em processos de auditorias especiais, após análise das justificativas dos gestores.