Reunião deixa volta da Copa Sul-Minas mais próxima; 'Falta pouco', diz vice do Coritiba

Copa Sul-Minas deve ser oficializada em breve

Em negociações para a volta da disputa da Copa Sul-Minas, dirigentes de 13 clubes de cinco estados se reuniram nesta sexta, em Porto Alegre, para definir mais detalhes sobre a competição. O encontro, realizado na Arena do Grêmio, foi positivo na avaliação do representante do Coritiba, o vice-presidente André Luiz Macias.

"A reunião foi muito produtiva. Conseguimos avançar muito, conciliando as necessidades dos clubes, federações, CBF e possíveis parceiros de televisão. Falta pouco", comemorou o dirigente do Coritiba. O próximo encontro, marcado para o dia 21, na sede do Atlético-MG, em Belo Horizonte, pode inclusive oficializar o retorno da competição ao calendário nacional.

O grande entrave que ainda precisa ser equacionado diz respeito às datas. A ideia é realizar a competição de modo a não colidir no calendário com a Libertadores. Além disso, para não enfrentar uma resistência ainda maior das federações, os clubes querem que a nova competição não ocupe tantas datas, de modo a não esvaziar os campeonatos estaduais.

Participaram do encontro desta sexta representantes de Grêmio, Internacional, Avaí, Figueirense, Criciúma, Chapecoense, Joinville, Atlético-PR, Coritiba, Atlético-MG e Cruzeiro, além do Flamengo e do Fluminense, que, rompidos com sua federação estadual, já manifestaram interesse em participar do torneio. A ideia é que a Sul-Minas tenha 14 clubes: três de cada estado do Sul, três de Minas e a Dupla Fla-Flu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário